O Prémio Femina foi criado em 2010, para agraciar as Notáveis Mulheres Portuguesas. Na celebração do Quinto Aniversário da sua fundação, em 2015, procedeu ao alargamento do âmbito das suas destinatárias - as Notáveis Mulheres Portuguesas e da Lusofonia - oriundas de Portugal, dos Países de Expressão Portuguesa, das Comunidades Portuguesas e Lusófonas, e Luso-descendentes, que se tenham distinguido com mérito ao nível profissional, cultural e humanitário no Mundo, pelo Conhecimento e pelo seu relacionamento com outras Culturas. A atribuição dos prémios às agraciadas é feita por uma Comissão de Honra, constituída exclusivamente por membros masculinos – reconhecendo, assim, o seu valor e excelência na sociedade portuguesa moderna e evoluída, como seus pares de pleno direito.

Comissão de Honra do Prémio Femina 2016:

João Micael, Presidente
Fundador do Prémio Femina. Fundador e director geral da Matriz Portuguesa - MPADC - Associação para o Desenvolvimento da Cultura e do Conhecimento, Director da Academia de Protocolo, e Director da revista Portugal Protocolo.

Adriano Moreira
Politólogo, sociólogo, presidente da Academia das Ciências de Lisboa e da Academia Portuguesa da História; Membro do Concílio de Honra da Matriz Portuguesa - MPADC - Associação para o Desenvolvimento da Cultura e do Conhecimento.

Ruy de Carvalho
Um dos maiores Actores Portugueses, com uma carreira internacional, do Teatro, Cinema e Televisão, interpretou autores como MolièreTennessee Williams, Bernard Shaw, Anton Tchekov, D. Francisco Manuel de Melo, Eça de Queirós, Luís de Sttau Monteiro, Luiz Francisco Rebello, entre outros.

REGULAMENTOS

 

Sob a Égide
Matriz Portuguesa
Sociedade Civil para o desenvolvimento da Cultura e do Conhecimento

 

 

 

 

 

 

Insígnia Prémio Femina criada e patrocinada por